Corte Paranaense foi reconhecida como melhor Tribunal Estadual de grande porte do país

Durante o 16° Encontro Nacional do Poder Judiciário (ENPJ), em Brasília, o Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR) foi agraciado com a categoria Ouro no Prêmio CNJ de Qualidade, sendo reconhecido, pelo Conselho Nacional de Justiça, como o melhor Tribunal Estadual de grande porte do país.  

A premiação foi conferida durante o ENPJ, nos dias 20 e 21 de novembro, que reuniu presidentes dos tribunais brasileiros para debaterem e votarem as Metas Nacionais do próximo ano. O presidente do TJPR, desembargador José Laurindo de Souza Netto, destacou que o reconhecimento, pelo terceiro ano consecutivo, reafirma o compromisso em prestar um serviço jurisdicional de qualidade para toda a população. 

“Com essa conquista, o TJPR tornou-se o tribunal de grande porte mais bem avaliado pelo CNJ, motivo de muito orgulho para nós. A razão da premiação decorre do empenho e envolvimento daqueles que fazem parte do Judiciário Paranaense, e da conscientização da necessidade de prestar o melhor serviço jurisdicional para a sociedade”, afirmou o presidente. 

O prêmio foi criado em 2019, em substituição ao antigo Selo Justiça em Números. Ao longo dos anos, vários critérios foram aperfeiçoados e incluídos no regulamento da premiação, que é dividida em quatro eixos principais: governança; produtividade; transparência; dados e tecnologia. O objetivo é estimular os tribunais brasileiros na busca pela excelência na gestão e planejamento; na organização administrativa e judiciária; na sistematização e disseminação das informações e na produtividade, sob a ótica da prestação jurisdicional. 

Desde o início da premiação, o TJPR tem se destacado na melhora gradativa dos índices, tendo alcançado a classificação Ouro pelo terceiro ano consecutivo (em 2020 com índice de 68%; 73,36% em 2021; e 76,87% neste ano). Para isso, foram realizados investimentos em gestão da inovação e em tecnologia da informação, com a consequente atuação do Ateliê de Inovação e do Departamento de Informática. Além disso, recebe destaque a amplitude de cursos de capacitação pela Escola Judicial do Paraná e a atuação efetiva na melhoria dos dados estatísticos do tribunal pela Divisão de Estatística do Departamento de Planejamento, sobretudo derivada da Base Nacional de Dados do Poder Judiciário. 

Para o presidente da Corte paranaense, o reconhecimento também reflete os princípios norteadores da atual gestão, que são a valorização do ser humano, eficiência, capacitação, sustentabilidade e aproximação do Poder Judiciário com a Sociedade. O desembargador destaca, ainda, que o prêmio é um indicativo do trabalho sério e comprometido de todos os colaboradores que atuam na instituição. “Agradeço os magistrados, servidores, estagiários e todos aqueles que diariamente atuam em prol de um Poder Judiciário mais eficiente, célere e justo”, afirmou.  

Fonte: TJPR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *